Como reagir contra violação de direito fundamental dos recém nascidos, ainda na maternidade?‏

07/04/2015

Recebida a confirmação da gravidez, o que mais desejamos é que tudo corra bem e que, ao final da gestação, possamos trazer ao mundo um bebê cheio de saúde (pelo menos pra mim, à espera do meu segundo filho, esse é o maior dos anseios).

 

Contudo, nem sempre o esperado acontece e, em alguns casos, o recém-nascido precisa de cuidados médicos intensivos imediatos, o que pode derivar de “n” causas (prematuridade, doenças congênitas, intercorrências durante o trabalho de parto, enfim …).

 

Postado por: Flávia Mundim | 0 comentários | Continue lendo >

Assédio moral às gestantes: triste realidade para muitas mulheres

09/10/2014

Geralmente, a notícia da gravidez é esperada e comemorada pelos pais, familiares, amigos e colegas. Mas, nem sempre, essa é a realidade de algumas mulheres, que no ambiente profissional veem-se confrontadas com sentimentos negativos de seus companheiros de trabalho e superiores hierárquicos, tão logo revelem a novidade.

 

Postado por: Flávia Mundim | 0 comentários | Continue lendo >

SOBRE O DOCUMENTÁRIO “MICROBIRTH”

04/10/2014

Há um tempo venho me informando sobre vias de parto e, sobretudo, sobre o parto natural humanizado e as cientificamente comprovadas desvantagens da cesariana eletiva.

 

 

 

 

Até aqui, pensava que essa “escolha” – já que assim, infelizmente, está institucionalizado – seria muito pessoal, cabendo à cada mãe a opção pelo modo de trazer seu filho ao mundo.

 

 

 

 

Mas, hoje, assistindo ao trailer do documentário britânico “Microbirth”, creio que mudarei de opinião.

microbirth

Postado por: Flávia Mundim | 0 comentários | Continue lendo >

O MÉDICO QUE TRICOTA GORRINHOS

09/08/2014

IMG_5184

 

 

História (linda e real!) postada na fanpage d’O Renascimento do Parto

 

Ahhh, se todos fossem assim!! Quanto carinho doado, num gesto simples, mas muuuito valoroso!

 

Que esse médico obstetra possa servir de inspiração para seus colegas, ensinado-os a respeitar suas pacientes e seus bebês, no momento mais lindo de suas vidas: o nascimento!

Postado por: Flávia Mundim | 0 comentários | Continue lendo >

VOCÊ SABIA?

28/05/2014

Você sabia que seu filho recém-nascido pode usufruir imediatamente dos benefícios que lhe são concedidos pelo seu plano de saúde particular?

 

Você sabia que tem até 30 dias após o parto ou adoção para incluir seu filho recém-nascido ou adotado (até 12 anos) como dependente no seu plano de saúde, sem exigência do cumprimento de qualquer carência?

 

Essa segunda hipótese também vale para o filho menor de 12 anos, cuja paternidade tenha sido reconhecida judicial ou extrajudicialmente, também observado o prazo de 30 dias contados a partir do reconhecimento.

 

Esses direitos são previstos pela Súmula Normativa ANS nº 25.

 

O próximo post esclarecerá dúvidas quanto à cobertura assistencial do parto.

 

Fiquem ligados!

Postado por: Flávia Mundim | 0 comentários | Continue lendo >
Maternidade Legal . Todos os direitos reservados. 2014.